Adeus, Frank Sinatra


E lá se foi meu brancão. Descansou, fechou seus olhinhos pra esse mundo e agora não tem mais dor, não tem mais sofrimento. Agora, descansa em paz.

Se lembra de quando ele nasceu? O maior da ninhada, o que mais miava, o mais faminto. Tudo nele era superlativo: seu tamanho, seu peso, seu miado alto, seus pelos espalhados por todas as roupas e cantos da casa, mas também seu carinho. Eita gato carinhoso! Um honra enorme, um privilégio sem igual compartilhar da sua vidinha.

Mais do que um animal de estimação, Frank era um amigão. Daqueles que muitas pessoas não encontram em outro ser humano. Mesmo sem nunca ter aprendido a falar, era o mais falante. Conversava comigo sem cansar, mas também sabia o momento de ficar em silêncio. Por quantas vezes me salvou da tristeza? Perdi as contas… Percebia esse sentimento e vinha todo carinhoso dando cabeçadinhas como quem diz: calma cara, estou aqui contigo, vai passar… Impossível manter os olhos secos quando suas lembranças chegam assim, de repente, e com seus braços invisíveis me abraçam tão apertado que me espremem até as lágrimas rolarem soltas.

Você foi muito amado, cara! De todo o coração, da forma mais pura e intensa que se pode amar, você foi muito amado. Desde quando nasceu, uma pequena bolinha de pelos brancos, até seu último suspiro, em meus braços. Você se foi como veio pra esse mundo, tranquilo, ao meu lado, com todo o carinho e amor que meu coração pôde te dar, o conforto de um colo, uma benção e uma oração.

Esteja bem aí desse lado, amigão. E não se importe com essas lágrimas. São de saudades, não de tristeza. Até um dia, amigão.

“Fly me to the moon…”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s